Não diga “calça comprida”

Ela ganhou um monte de formas, acabamentos, tecidos e, principalmente, apelidos. Aprenda a identificar as modalidades que estão circulando por aí e que atendem por nomes como cenoura ou pato Donald

Ontem, a calça definida como “comprida” estava bem definida e de bom tamanho. Daí vieram as calças da moda: a cada época correspondia um nome e a ditadura de uma forma.

          Nos anos 70 eram as bocas de sino. Nos 80, as “baggy”, ou “clochard” (mendigo). Nos 90, jeans retos. Nos 2000, os justos, que o rock sempre usou, mas que a moda tingiu de novidade e batizou de “skinny”.

          Hoje, não há um modelo em voga, mas dezenas convivendo numa boa. A variedade favorece todo tipo de corpo, mas também confunde quem compra.

           Até o adjetivo “comprida” já caducou, porque uma das calças da hora é curta. Ache aqui o seu tipo e o chame pelo nome.

Boyfriend

 O nome explica esta calça jeans de modelagem mais folgada e gancho baixo, como se fosse uns três números acima do seu manequim: tudo para dar o efeito de que você pegou a calça do armário do namorado. Bem mais alta que o marido,é improvável que Katie Holmes, tenha tomado emprestado um jeans de Tom Cruise. Mas a atriz (e agora estilista) consagrou essa moda de usar o índigo largo,dobrado na barra, com sapatos de saltos altos ou sapatilhas.

 

boyfriend
boyfriend

 Marinheiro

 No verão, as calças no estilo “navy” estão mais folgadas, com um quê de pantalona e botões. O modelo é chamado de marinheiro ou pato donald. Algumas calças têm os bolsos frontais iguais ao da versão que Coco Chanel usou, com alpargatas e camiseta listrada, na Riviera francesa, há quase cem anos.

marinheiro
marinheiro

 

Cenoura

A modelagem, uma espécie de versão melhorada da calça “baggy”, começou a aparecer no inverno. Os pontos principais se concentram na cintura, onde o modelo costuma ter volume (causado geralmente por pregas na frente), e na barra, que afunila. Daí o nome cenoura.

cenoura
cenoura

 Saruel

A calça que veio do norte da África surgiu em 2006, mas pegou mesmo agora. Para uns, o fraldão entre as pernas é atentado à elegância. Para outros, é bom expandir a visão ocidental do que é chique. Fato é que a saruel está aí há quatro temporadas e entra firme no verão. Conforto é seu maior trunfo.

saruel
saruel

 Destroyed

 Da passarela de Balmain direto para as ruas vem o jeans destruído, seja rasgado, seja manchado de cloro. A modelagem importa menos:pode ser justa ou pode ser boyfriend, mas é a calça que vai ser febre por um bom tempo. Quanto mais detonada, melhor.

destroyed
destroyed

Alfaiataria curta

 É como se a calça tradicional masculina tivesse encolhido. O que importa neste novo modelo é a barra mais curta, que pode ser no mínimo no ossinho do tornozelo, sem ultrapassar o meio da canela. Achou meio esquisito? Pense na vantagem de poder exibir os seus sapatos novos.

alfaiataria curta
alfaiataria curta

 Skinny

 Calça de brim colada é quase um clássico. Cada vez mais justa, a skinny já está virando legging ou jeagging! Agora é a vez dessa segunda pele, que não desgruda do corpo da brasileira, predominar na versão cinza, bem urbana.

skinny
skinny

 

 

SIMONE ESMANHOTTO
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Eu lí essa matéria, hoje, e achei super interessante e estou compartilhando com vc’s
aqui está o link do jornal:
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/vitrine/vi1209200901.htm

Anúncios